segunda-feira, junho 27

[RESENHA] A ARTE DA GUERRA (Sun Tzu)


"A Arte da Guerra", de Sun Tzu, escrito no século IV a. C., é um dos mais sábios e importantes tratados de estratégia militar. O texto aplica-se à competição e ao conflito geral, em todos os níveis. Sua meta é a invencibilidade, a vitória sem luta.

TZU, Sun. A Arte da Guerra: os 13 capítulos originais. São Paulo: Jardim dos Livros, 2006. 184 p.
Skoob FanPage (Livro)
Skoob FanPage (Autor)





Estou tendo muita sorte, este ano, em material de livros recebidos.
Li A ARTE DA GUERRA em dois dias e preciso dizer... Cheguei a encará-lo como um Manual Sonserino para vencer a qualquer custo. É um tratado militar escrito há mais de dois mil anos (em meados do século IV a.C.) por Sun Tzu, grande estrategista militar da época, e já foi traduzido para vários idiomas.

Neste livro, há uma discussão sobre os aspectos da guerra: táticas, hierarquia, fatores humanos e naturais, entre outros. Ele mostra uma forma quase certa de chegar à vitória em conflitos, batalhas, e na simples luta pela sobrevivência - seja na guerra ou no nosso cotidiano - tendo como princípios básicos: o excelente conhecimento do inimigo e de si mesmo, o elemento surpresa e a coragem prudente.

Temos aqui treze capítulos curtos, bem esquematizados, que inspiraram grandes militares, como Napoleão Bonaparte e Mao Tse Tung. Aprendemos, durante a leitura, lições valiosas no tocante a prever o resultado de uma batalha: como analisar caminhos, clima, terreno e os inimigos com cautela; o poder relativo entre as forças, o peso de habilidades, vantagens, disciplina e supremacia militar, sistemas de recompensas e punições. 

E isto é só o começo: ele deixa mensagens muito interessantes, para serem transmitidas por mais tantos milênios.





O autor ressalta o valor do planejamento e dos estratagemas no caminho da vitória. Ele também aponta as piores políticas a se adotar e o que se deve deixar como último recurso; como administrar o posicionamento do exército, decifrar os sinais da presença do adversário e manobrar exércitos.

Vemos a importância da preparação de suas tropas e as fraquezas que um general deve evitar. Aprendemos quais são os tipos de terreno na guerra, situações que podem levar à derrota, posições geográficas que interferem nas operações militares, a essência das operações militares.

Se acham que eu falei algo aqui, esperem para ler o livro, porque há uma filosofia incrível envolvida e nenhum comentário meu chegaria aos pés da importância dessa obra milenar. Eu gostaria que ele tivesse se aprofundado mais no "Como" do que no "O Quê", mas isto não apaga, de forma alguma, o brilho desta obra de arte.



3 Comentários:

Paloma Costa disse...

Meu professor de matemática me falou sobre esse livro, parece realmente bom!

Anônimo disse...

Livro excelente!!

Josias disse...

Muito boa esta postagem.

Aqui tem um texto sobre o livro e o e-book online http://nerdwiki.com/2013/12/19/arte-da-guerra/

"Arte da Guerra ” pode te ajudar a ser um estrategista, tocar uma empresa, ganhar uma guerra...

Postar um comentário

Obrigada pela presença e participação! ATENÇÃO: Todos os comentários são moderados. Aqueles considerados inapropriados à nossa política serão automaticamente excluídos. Comentários anônimos não serão aceitos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...